sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Vem ... Traz ... E fica ...meu Golfinho...Vem...

E traz as portas fechadas, os sussurros, os segredos. 
Traz o barulho do mar, a espuma da loucura, a humidade do desejo. 
Traz as vontades do presente, os momentos do passado, a esperança no futuro. 
Traz a gramática dos afectos, as rimas de amor, os pontos de exclamação. 
Traz a pele de galinha, o rosto para corar, os lábios para morder. 
Traz os olhos para falar, o boca para olhar, o cabelo para cheirar. 
Traz a paz no mundo, a prata da lua, o ouro do sol. 
Traz a noite inteira, o anoitecer, o amanhecer. 
Traz a vontade de eu te guiar, os caminhos calcados, os que caem no horizonte. 
Traz o fascínio de Marte, o desejo de Vénus, os anéis de Saturno. 
Traz o fogo dos dragões, a nobreza dos centauros, a pureza dos unicórnios. 
Traz a Torre Eiffel, o Taj Mahal, a Quinta das Lágrimas. 
Traz os gestos nas mãos, a gargalhada no coração, o sorriso na alma. 
Traz a guitarra de Jonh Mayer, a voz de Eddie Vedder, a loucura de Jimi Hendrix. 
Traz a Lágrima Furtiva de Puccini, a Primavera de Vivaldi, a Nocturna de Chopin. 
Traz a rosa de Exupéry, a Laranja Lima de Vasconcelos, o Chão de Rushdie. 
Traz o punhal de Inês, o Veneno de Romeu, a Poção de Tristão e Isolda. 
E se achares que falta alguma coisa, trá-la também. 
Desde que fiques. 
Aqui. 
Comigo. 
Fica 
E traz tudo, não te esqueças de nada, nem percas nada pelo caminho. E depois, esquece-te aqui de ti... eu prometo cuidar mas não posso prometer devolver...!!

My Memories...(ALindaSereia)


sábado, 17 de agosto de 2013

QUANDO A SAUDADE SOPRA FORTE..!!

Sopra forte, o vento, no início desta música que me faz ave dançante. Fecho os olhos na esperança de te encontrar, de te sentir a manta de veludo da tua noite debruada com rendas francesas nobilitada por pequenos diamantes que veste o meu corpo que se despiu para te receber. Ofereço-te, delicadamente, a mão direita, venero-te, movo-me no teu encontro com a graciosidade de um cisne, a elegância de uma rosa em ouro talhada, a sumptuosidade do amor que aflora da minha pele ao sentir o teu na brisa que no meu rosto beija e nos meus lábios desperta. Beijo-te. Estendo uma seda brocada com fios de prata até o teu coração coroado com diamantes e rubis lapidados pelo meu e oriundos da minha alma. Aos nossos pés, mesclam-se os nossos nomes por pétalas de rosas formados ao som da música que me envolve, comove e devolve ao lençol de cetim escuro abrilhantado por um azul teu, onde a espera cede, lentamente, o seu lugar à majestosa celebração deste reino em que és o rei, eu sou a rainha e, o Amor, o nosso manto. 

n My Memories...(ALindaSereia)

SENTE-ME..!!

Daqui escrevi algo para ti, coloquei-o na esfera da vida e com um sopro... 
fi-la voar com a minha mensagem... 
sente-a...! 
São os teus olhos que me iluminam, 
que tornam o meu caminho claro, 
que me guiam na noite. 
É a tua voz que me faz saber por onde caminhar, 
que serve de minha bússula, 
que me leva até ti. 
É o teu cheiro que eu sigo, 
que persigo, 
que me conduz na esperança de te encontrar. 
É o bater do teu coração 
que me dá vida, 
que me dá força para continuar. 
É o teu amor que me move, 
que me faz não desistir, 
quando tudo parece estar perdido. 
E quando eu caio? 
E quando tudo parece desabar? 
Quando isso acontece... 
conto com a tua mão aberta, 
aquela que me ajuda a levantar, 
aquela que me leva até ti, 
aquela que me mostra o caminho, 
aquela que me defende, 
aquela que me leva para os teus braços, 
aquela que me faz chegar juntinho a ti. 
E por fim...? 
Por fim, dou por mim... 
envolvida nos teus braços, 
num sonho que não acaba, 
num abraço eterno, 
aquele abraço que me transmite segurança, 
aquele abraço que conforta, 
aquele abraço que me faz querer que o paraíso existe, 
aquele abraço que me faz sentir-te. 
Então beija-me... 
Beija-me! 
Beija-me e sente... 
sente como desejei encontrar-te, 
como desejei tocar-te, 
como desejei sentir-te. 
sente o quanto te quero, 
sente o quanto quis chegar aqui, 
sente o quanto lutei por ti, 
sente o quanto te amo, 
sente o quanto preciso de ti, 
sente o quanto importante foste, és e serás sempre para mim. 
E contra seja o que for... 
a tudo direi sempre e para sempre, 
que não, NÃO DESISTO! 
Não por mim, não por ti, 
mas sim, por NÓS e pelo NOSSO AMOR!!!

In My Memories...(ALindaSereia)

sábado, 3 de agosto de 2013

Eu...Sou...!!

Sou música e danca. 
Sou mulher, mãe e amiga. 
Uns me invejam, outros me odeiam 
Cobiçada pelos homens..invejada por muitas Mulheres..
Alguns me querem bem, mas poucos me Amam. 
Odeio mentiras, 
Pessoas falsas e pretenciosas 
Mostro ser forte e Guerreira,mas sou frágil e sensível como uma criança. 
Tenho meus medos, minhas alegrias, desejos e fantasias. 
Na maioria das vezes, sou o que falo e não o que faço. 
Tenho um lado escuro, aliás, quem não tem? 
Guardo minhas agendas, cartas, fotos... 
Aprendi a aceitar as pessoas como são. 
Aceitar os defeitos... 
Relevar os erros... 
Ouvir mais e falar menos, afinal, temos dois ouvidos para ouvir e uma boca para falar. 
Aprendi que o futuro, só a Deus pertence. 
Que preocupação e o stress traz cabelos brancos. 
Que o medo no fundo nos da coragem. 
Para seguir adiante... 
Sempre! 

"Não faço do amanhã o sinônimo de nunca, 
Nem o ontem seja o mesmo que nunca mais... 
Meus passos ficaram. 
Olho para trás ... Mas vou em frente 
Pois há muitos que precisam de Mim.. 
Que chegam para que me possam seguir’. 

Sou alguém com garra de viver e de vencer! 
Uma saudosista dos tempos da infância, onde me sentia segura e feliz! 
Alguém que a vida obrigou a crescer, mas que teima em se divertir como criança; 
Um espírito evoluindo para fazer o bem ( a LEI DO RETORNO existe, acredite); 
Alguém que confia, ajuda, defende e sente falta da presença (e colo) dos amigos; 
Uma eterna viajante com sede de conhecer novas pessoas e culturas; 
Teimosa, presistente, intuitiva, e Feliz por determinação própria!!! 

"Cada pessoa que passa na minha vida, passa sozinha, é porque cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra. 
Cada pessoa que passa na minha vida passa sozinha, e não me deixa só, porque deixa um pouco de si e leva um pouquinho de Mim. 
Essa é a prova de que as pessoas não se encontram por acaso." 

*A intuição nos mostra o caminho e tudo na vida é aprendizado!*
Assim como uma palavra minha pode mudar tudo um Amigo pode mudar a Minha Vida...!! 

In My Memories...(ALindaSereia)

terça-feira, 30 de julho de 2013

Já Sonhei muito e continuarei a Sonhar...!!

Eu já sonhei muito nesta vida...sonharei enquanto eu puder acreditar...porque sei onde quero chegar e quem eu quero levar...Sonho com o futuro...tenho planos e busco os meus objetivos...Não importa o quão longe eles estejam... não importa quanto Eu tenho que caminhar... contudo que o meu sonho seja grande o bastante para suportar....Às vezes pode ser difícil imaginar que as coisas podem melhorar...mas apenas fecho os olhos e sonho com o que desejo realizar... E se perder as esperanças...lembro me do que sempre me faz sonhar....pensar no Amor e em Deus e saber que ele me Ama já é o bastante para me fazer voar...!!

DulceMary_30\07\2013

Para Ti querida colega Aida

Querida colega e Amiga Aida Martins aqui está o prometido assim escrevi assim pintei as palavras espero que gostes...!!
Com Carinho

Para mim o Mar significa o silêncio e a imensidão de um mundo magnifico e cheio de surpresas maravilhosas por isso te digo olha para o fim do Oceano e pensa que nada esta perdido na Vida mas sim uma grande Esperança chamada Amor Universal....Amor entre dois Seres..ainda que iguais se podem Amar verdadeiramente Deus não discrimina ninguém muito menos o Amor entre Seres Humanos... Amor é Amor ...!!

DulceMary_30\07\2013

Para Ti querida Neuza

Porque por vezes...
...nos faltam as palavras, 
as saídas...as entradas... 
temos de ficar 
com elas amarradas 
num silêncio só nosso... 
só assim, 
voltarão libertadas 
apaziguadas em arte
numa tela digital
e por fim, 
serenadas demostram o que Sou..
e como Sou me definem
Sou construída por emoções secretas.
Podem até comentar sobre mim, 
mas capturar me,
só com a minha permissão.

ALindaSereia

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Carpe Diem...

"…Carpe Diem, aproveita o dia. Não deixes que termine sem teres crescido um pouco, sem teres sido um pouco mais feliz, sem teres alimentado os teus sonhos. 
Não te deixes vencer pelo desalento. Não permitas que nada tire o direito de te expressares que é quase um dever. Não abandones o anseio de fazer da tua vida algo extraordinário… 

Não deixes de crer que as palavras, o riso e a poesia podem mudar o mundo… 

Somos seres, humanos, cheios de paixão. A vida é deserto e também oásis. 
Aniquila-nos, lastima-nos, converte-nos em protagonistas da nossa própria história… 

Mas não deixes nunca de sonhar, porque só através dos sonhos pode ser livre o homem. 
Não caias no pior erro, o silêncio. A maioria vive num silêncio espantoso. Não te resignes… 

Não atraiçoes as tuas crenças. Todos necessitamos de aceitação, mas não podemos remar contra nós mesmos. Isso transforma a vida num inferno. 
Desfruta o pânico que provoca ter a vida pela frente… 

Vive-a intensamente, sem mediocridades. Pensa que em ti está o futuro e em enfrentar a tua tarefa com orgulho, impulso e sem medo. 
Aprende de quem pode ensinar-te… 

Não permitas que a vida te passe por cima sem que a vivas…"

Walt Withman

Waiting For You...

Aqui está o resultado de uma brincadeira, 
entre dois amigos... 
Um beijo para ele. 

À espera de ti.... 

Aqui permaneço, 
Sentada nesta pedra, 
Onde fito o olhar. 
No horizonte, 
À procura dessa linha ténue 
Que une o Mar e o Céu 
Num beijo diário, 
Feito de silêncios 
Ininterruptos... 

Porque tu... 

És como essa infinita linha 
Onde me pendo, 
De olhos fechados. 
E balanço o coração. 
Por isso, pendo o olhar, 
No horizonte, 
À procura 
De um sinal teu, 
Talvez... 

E eu... 

Permaneço 
De olhar fixo e atento, 
À espera, quem sabe, 
Que voltes, 
Como a Estrela da Manhã, 
A este Céu 
E a este Mar, 
Que nos pertence por inteiro. 

E cujo beijo 
Deixou de ser sentido, 
Desde que perdi o teu olhar.

In My Memories...(ALindaSereia)

sábado, 20 de julho de 2013

Searching For You...

Eu iria à tua procura. Daqui até ao fim do mundo. Noutros mundos. No inferno. Eu iria à tua procura. 
Eu procurar-te-ia nas praias mais inóspitas, nas florestas mais perigosas, nas ilhas desertas dos confins da Terra. Eu procurar-te-ia na mais alta das montanhas, no mais profundo dos oceanos, no mais distante dos continentes. 
Sem saber onde estás, eu procuraria Norte e Sul, Este e Oeste. Eu lutaria contra ventos e marés apenas para chegar onde estivesses, fosse onde fosse. E enfrentaria as maiores tempestades, as piores secas, os meus maiores medos. Para te encontrar, eu iria além dos meus próprios limites, além das minhas muitas limitações. 
Eu iria à tua procura. Estivesses aqui ou numa galáxia distante. Estivesses aqui ou num universo paralelo ainda por descobrir. Eu venceria as leis da física, as leis dos homens, as leis dos Deuses. Eu venceria tudo para te encontrar. 
Eu iria à tua procura. Por entre multidões sem alma nem compreensão. Por entre cidades cinzentas e paraísos naturais. E bateria a cada porta, perguntaria a cada pessoa. E a cada "não" eu ficaria mais próxima, mais perto, porque não iria desistir de ti. 
Eu iria mais longe do que o mais longínquo dos lugares. Contra relógios e bússolas e lógicas sem lógica, eu saltaria tempos e distâncias. Passaria em cada rua, em cada caverna, em cada edifício. E, em todos, deixaria a minha marca para que soubesses que não tinha desistido de ti, nem por um segundo. 
Eu iria à tua procura. Seria mais persistente do que os ventos, mais forte do que os intempéries que se abatem sobre as terras tristes. E, através de furacões, de ciclones, de terrores sem nome, eu continuaria a procurar-te, sem ter medo de perder a vida nessa busca desleal pelo amor. 
Eu iria à tua procura. Não me entendas mal. Atravessaria a eternidade. Morreria de bom grado na crença inabalável de que te havia de encontrar. Mas eu sei onde estás. E congelei na certeza de que estarás sempre aí, escondido na única barreira que não posso trespassar. A barreira da tua vontade. Eu iria à tua procura. Iria até ao fim do mundo. Não há lugar onde não te procurasse. 
Mas estás aqui. 
Longe. 
Ausente. 
Distante. 


Eu iria à tua procura. 
Quem me dera que quisesses ser encontrado.


In My Memories...(ALindaSereia)

domingo, 30 de junho de 2013

APETECE-ME..!!

O olhar..o toque...o cheiro e o sorriso…..!!
Bem,que mais poderei dizer a não ser os 4 complementos ou elementos de uma química perfeita? 
A finalização de um só pelo bem estar e o prazer de estar com alguém . 
Olhares que se cruzam, entre o desejo ou só o simples prazer de olhar,
o toque que só uma mão complementa o prazer do olhar, o cheiro que transporta num abismo de incensos onde tudo junta o prazer e o sorriso como o desfecho de complementos perfeitos de prazeres únicos o Uno. 
O Sexo… paro para pensar o que as pessoas pensam sobre o assunto, 
como o vêem, como o priorizam ou canalizam. 
Eu pessoalmente sinto-o como o desfecho de vontades e químicas mais que assumidas,onde os sabores e os cheiros se misturam num turbilhão de emoções … irrequietas e “indecentes”. Não consigo imaginar o sexo só por sexo, 
o final seria uma estranheza absoluta de duas pessoas que agiram só por si só a impulsos. 
Para mim, tem que ser muito mais.Tem que haver um toque de sensações inexplicáveis mas de desejo intenso, um abraço que valha por 3 noites de sexo intenso, que o simples cheiro se transforme num cocktail de sensações explosivas de emoções, que o olhar penetre e me dispa por inteiro me faça de entrega total sem qualquer dúvida. Quero que os olhos falem e que o meu corpo siga, sem pensar numa entrega absoluta. Quero sensualidade e erotismo, quero vibrar com tudo o que o universo me dê, quero olhar a volta e degustar cada centésimo de segundo de sol, de vida, de amor, de sensações que se conjugam entre elas num culminar de prazer inebriante. Como um cálice de vinho tomado na praia, entre uma fogueira e uma dança de olhares. Onde o som do mar nos conduz a eternas vibrações de prazer. 
Não quero calcular o tempo para beijar outra vez, nem calcular o mesmo tempo para me sentir a planar como uma águia que plana para encontrar o seu rumo, o seu ninho ou ate mesmo a sua sobrevivência, o seu lar. Com um sorriso, sabendo que o faz com liberdade e desejo. Liberdade para parar ode e quando quiser e desejo pela sensação de um voo único e ilimitável. 
De ti que não existes,se,que considerarei o meu complemento,desejo que te aproximes, calmo mas verdadeiro, sem receios e com vontade de gostar incondicionalmente de mim, como sou, como sinto, o que gosto e o que quero….Da intensidade de receber e dar e hum....... 
Meras divagações de saudades… desejos e sonhos mas que, o consciente tem o prazer de nos proporcionar a vontade de não parar de acreditar que , mesmo a nossa frente ao virar a rua, tudo pode acontecer como um sonho. E aí vamos perceber que ele existe. 
O que não quero jamais é: The Tenderness of a Lost Soul 
Não parem nunca de sonhar e acreditar… mas 
Gostem!!! De sentir e de fazer sentir.
De receber e dar prazer. 
Com prazer e Vivos!!!!

In My Memories...(ALindaSereia)

sábado, 29 de junho de 2013

Meu Romance

Sou uma romântica,uma pastora de sonhos de Amor
Sou o caminho sem volta.
Que te traz sorte e faz juramentos. 
Sou Guerreira sem lança.
Destemida por amar e só amar.
Eu vou querendo mais que bem querer,suportando a dor de não te ter. 
Sou bebida sem alcool uma noite de luar sem lua.
O meu romance...é o samba no teu peito,o nó que te sufoca,a saudade que te cega.
Eu sou o dia que te acorda,a tarde que te convida e a noite que te embala.
O meu romance...é covardia em espera,é fruta na primavera.
É gritar por um sorriso e ganhar um beijo. 
É estar condenada e querer viver para Ti.
O meu romance...segue a linha do mais.
Mais para Ti do que para Mim. 
Mais a minha lágrima do que a Tua.
Mais os meus medos do que os Teus. 
Mais um desejo...que o meu romance,seja também o Teu.

In My Memories...(ALindaSereia)

MINHA SOLIDÃO..!!

Adormeço ao meu lado uma caneta e um caderno, onde…Eu rascunho as palavras …doces e poéticas que o meu coração reproduz em sonhos, o que vou sonhar ao certo não sei ,mas com o silencio e a solidão como companheiras de quarto eu fico prisioneira num redemoinho de palavras, lágrimas e dor…Meus pensamentos ficam do lado de fora tento não pensar em nós mergulho fundo dentro da minha alma , não sei o que vou encontrar assim acelera a angustia e a incerteza de um olhar perdido … De uma voz querendo gritar, desta forma vou aprendendo nos sonhos a conhecer melhor o meu EU….Coração quem sabe ao amanhecer eu encontre diante dos meus olhos a tua imagem de braços estendidos querendo me abraçar,colocando fim à minha solidão

In My Memories...(ALindaSereia)

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Sinto falta de Ti...!!

Pensei que sabia todas as coisas sobre o amor que já vivi todas as situações possíveis e imaginárias envolvendo esse misterioso sentimento. No entanto,a tua presença e a convivência ao teu lado ensinaram me que nada sei sobre o verdadeiro significado do verbo amar.O contacto físico,o toque da pele,o afago são menos que o verdadeiro amor pode fazer por quem amamos de verdade.Estou a descobrir novas formas de amar.A tua ausência fez me refletir, pensar,relembrar… enfim,descobrir que não nasci para viver sem Ti.A falta que me fazes é como se parte de mim não estivesse aqui.É como se eu estivesse incompleta,carente de mim mesma.Mas entendo perfeitamente que isso é falta de Ti… !!

In My Memories...(ALindaSereia)

terça-feira, 18 de junho de 2013

TESOURO

O mais valioso tesouro é aquele que se descobre sem querer, 
Que colide contigo sem procurares, 
Que atravessa o teu caminho inesperadamente e,mesmo assim... Deixa uma marca inigualável!

In My Memories...(ALindaSereia)

Vontade de ti...


Quando o amor acontece
A tua vontade acordou-me 
Um sismo ocorre entre nós 
Encurto a distância 
Ao ponto de entre nós caber apenas a vontade 
Que o desejo já se concretiza 
Primeiro leve 
Depois ritmado 
Segue intenso como as carícias que marcam 
Desenhos no corpo, no leito 
Sabores de força e calor 
Gostinho do teu interior 
Onde te provo, te trinco, te abraço 
Onde entras e tu me envolves 
Onde suamos cadentes 
Onde me beijas o corpo 
Onde com a boca te afago 
Onde te toco por dentro 
Como por dentro tocaste 
Qual seta no meu coração! 
Então no alto da noite 
Onde só juntos brilhamos 
Onde as estrelas tocamos 
Onde os corpos fundimos 
Quando “nós dois”... acontece! 

In My Memories...(ALindaSereia)

sábado, 25 de maio de 2013

Escrever..........


Escrever é um grito no escuro....um pulsar profundo do meu coração…Uma descida acentuada de amor num rosto inerte que não vejo…Num coração que nada vê mas sente uma emoção que me devora… E na penumbra obscura da minha alma vive em mim uma paixão… Quem sabe um dia a coragem vem ter comigo e de mãos cheias te toque trémulo de ansiedade e parto em busca de paz… Por agora fico aqui 

inerte a sonhar…!!!

In My Memories...(ALindaSereia)

ESTE VAZIO QUE EU SINTO

Esse vazio que sinto… Que escondo na ausência que essa fuga me proporciona. 
Escondo meus sentidos...Mas todos os vêm 
quando apenas tu não vês…Leio-te nas entrelinhas desse silêncio… Sei de cor o caminho do teu refugio...que nunca invado mas conheço…Nesse olhar terno e transparente....vejo coisas que ninguém vê...E calo...quando sei que uma palavra 
seria capaz de estragar esse momento…Tu sabes de mim...todos os segredos que nunca te contei...Conheces de cor todas as curvas do meu corpo...todos os caminhos ocultos do meu ser...Foste onde nunca ninguém foi...E eu guardo-te num sítio só meu que fiz para ti… No secreto espaço que é só teu… Naquela parte de mim…Que ainda te espera...que não te esqueceu…E que ainda acredita...que um dia serás meu!!

In My Memories...(ALindaSereia)

terça-feira, 21 de maio de 2013

Um Sonho...

Eu sei que através de mais um sonho faz-me sentir este amor adormecido dentro de mim. Nesse sonho vieste de novo ao meu encontro, os nossos lábios voltaram a tocarem-se, mesmo que por mais meses que se tenham passado, ainda posso sentir o doce do teu beijo. Os nossos dedos voltaram a entrelaçar por entre as nossas mãos, como naquela tarde fria de Primavera junto ao lago, quando se uniram pela primeira vez daquela forma. São ainda estes sonhos que me fazem sentir as cordas presas ao teu porto de abrigo. São todos os pensamentos diários, as perguntas que se acabam por resumir a uma única; onde estás? Não me interessa mais nenhuma resposta, apenas quero saber onde estás e possa de novo ir ao teu encontro. Não interessa o tempo que já passou, o tempo é uma coisa que não existe. 

Olho para os teus retratos e sorrio, eles ainda me aquecem o coração, porque neles sorris para mim. Por vezes achei que este amor era doentio, obsessão, feliz engano. Sentir-te como ainda hoje te sinto, desejar-te como te desejo, imaginar-te ao meu lado nos meus momentos de sucesso na vida, clamar o teu nome com respeito, olhar para um cristal e lembrar-me do brilho dos teus olhos, manter os braços abertos para aconchegar-te quando regressares, entre tudo isto e outros motivos, concluo que és sem dúvida o meu verdadeiro amor. Não o primeiro, mas aquele que se diz inesquecível, tu és inesquecível, mas não foste o primeiro amor. És um amor que eu escolhi amar nesta vida, tive uma oportunidade e deixei escapar por entre os meus dedos, imaginando que a razão de te ter encontrado, seria o bastante para não mais perder-te. 
Foram nesses momentos que não dei o mais precioso valor da tua presença na minha vida. Puro erro, eu sei que cometi, a vida é assim mesmo. Hoje, retiro desse erro, uma aprendizagem para valorizar a cada momento todos os nossos amores, amanhã podem não estar presentes na minha vida, assim como tu não estás presente na forma que eu mais desejo. Mas ainda travo uma árdua batalha dentro de mim, para preparar o teu regresso. Sei que esse regresso pode ser amanhã, daqui alguns meses ou até mesmo demorar anos, mas sei que nos vamos reencontrar. Talvez nessa altura, consiga descrever as razões ou a razão para que entendas quando falo deste amor que por ti sinto. Talvez me digas que não preciso dizer nada, ter ficado à tua espera, não ter desistido de ti, como tantas vezes me lembro que me pediste, era o suficiente para darmos asas não somente ao meu amor por ti, mas sim ao nosso amor. 

Pode ser ainda um sonho, como tantos outros que contigo ainda tenho. Mas são nesses mesmos sonhos que por ti sou amado e me dão força para ser cada vez melhor, preparar o teu regresso e possas sentir no meu peito, o conforto quando chegas a casa depois de uma longa viagem. Nesse momento irei beijar-te suavemente e direi que te amo, fica comigo meu amor, eu te darei toda a paz do Mundo…

...(A.Jesus_27\09\2012)

In My Memories...(ALindaSereia)

Não tem sido facil. . . .



É, não tem sido fácil... ficar tanto tempo longe de ti. A presença no meu coração de lembranças tão fortes, simplesmente não permite que eu tenha paz. 
Ter-te comigo foi algo forte demais e eu não consigo conformar-me com a tua falta. Não quero pensar em causas, nos motivos que te levaram de mim e muito menos no tempo em que estamos separados. Pensar nisto, é talvez tentar medir a dimensão da minha saudade e isso é impossível. 
Tiveste os teus motivos para ir e eu tive os meus para ficar. Penso então que temos as nossas razões para estarmos longe um do outro. Tenho tentado contabilizar as perdas, o que tiras-te de mim e levaste embora junto contigo? Qual a parte de mim, que escolhes-te para magoar com a saudade? Realmente não sei. O tempo talvez responda, o tempo talvez cure, o tempo talvez apague… tudo o que sei é que... sinto saudades de Ti... 
Quando eu não mais existir, procura-me na chuva, pois serei os pingos que molham o teu rosto, quando eu não mais existir, procura-me nas flores, pois eu serei o perfume daquela que tu tocares. Quando eu não mais existir, procura-me nas palavras, pois serei a mais pura palavra. Procura-me no mar, pois eu serei as ondas que irão ao teu encontro. Quando eu não mais existir na tua vida, lembra-te, por algum motivo não estamos juntos, mas que durou o suficiente para ser inesquecível, e disso tudo resultou uma coisa mais valiosa do que qualquer pessoa possa imaginar, o Amor que senti por Ti... 
Se ouvires uma voz dentro da escuridão quando estiveres na solidão, vais lembrar te de mim. Se sentires o toque da mão de alguém que te impede de seguir em frente, vais te lembrar de mim. Eu movi montanhas para te alcançar, corri mais que o tempo para não te deixar e quando não houver flores no teu jardim é só olhares para a luz e vais lembrar te de mim. 
Não me arrependo quando te amei, entristeço-me por não ter conseguido conquistar-te, quem sabe eu fui pouco para ti, e tu eras demais para mim, ou quem sabe não foi assim, talvez eu fosse tanto, tão além das tuas possibilidades, que apesar do meu encanto, tu não assumiste tal responsabilidade. Enfim agora já não importa, porque nada entre nós aconteceu, eu nunca fui tua, e tu jamais foste meu é a conclusão que chego. Se, apesar de tudo, dissemos palavras de amor, que elas sejam enterradas sem nenhum pudor. 
O que dissemos o tempo pode levar, e tão distante colocar, que chegará um dia que de nada vamos lembrar. O tempo só não apagará as palavras em formas de poesia que por mim foram escritas um dia é, com isso que vais ter que conviver, de vez em quando, em algum lugar vais ler algo que foi escrito para ti. Não acredito que isso te fará sofrer, mas pelo menos fará com que reconheças em cada verso, em cada linha, em cada palavra, que eu fui uma Mulher apaixonada por ti… 
Quando sentires o vento na janela, escuta-o e lembra-te de mim. Sorri, e eu sentirei o teu sorriso. São palavras que nunca foram pronunciadas. As lágrimas serão apenas melancolia; a saudade, essa, com o tempo será desfeita, destruir-se-á e apagará a tristeza e a dor da perda. Até lá, guardar-te-ei na memória, como a mais bela de todas as recordações! 

Da sempre Tua. . . .

In My Memories...(ALindaSereia)

domingo, 19 de maio de 2013

O Amor é...........!!


Love Is...
O Amor é o espelho do sonho que contemplamos a cada página virada da nossa vida, é a esperança plantada no fundo do nosso coração que espera a luz da pessoa amada, a sua aura resplandecente que ilumina toda a nossa alma esquecida na penumbra da solidão. 
O Amor é a salvação que esperamos encontrar, a porta entreaberta que surge inesperadamente no nosso caminho e nos faz descobrir um mundo nunca antes percorrido. 
O Amor é a verdade dita nas palavras que calam o nosso silêncio obscuro, a pureza desconhecida que nasce no nosso sorriso reaparecido. 
O Amor é o paraíso no nosso inferno que desenha em nós ilusões outrora ignoradas, a voz inconsciente que nos faz renascer. 
O Amor é a chuva incessante que nos molha o corpo ao som do vento que nos invade a pele e nos rouba o aroma de um passado enterrado no futuro, é o tempo que simplesmente desaparece e nos torna eternos por escassos momentos. 
O Amor é a certeza do incerto, é a confiança em algo que já nasceu condenado, é uma fracção do nosso eu segregado que finalmente se encontra, um conjunto de letras que juntas formam a verdade absoluta.

Amor. 

In My Memories...(ALindaSereia)

Meu Amor para Ti


Meu Amor para Ti 
Faltam-me palavras, faltam-me sílabas e sons que expressem tudo aquilo que sinto dentro de mim. Somente sei que a cada dia que passa um pouco mais de mim descobre que tu existes dentro de mim e que me fazes bem, que me fazes sentir feliz, preenchida e completa.A cada dia que passa, sinto mais o meu coração a bater, o sangue a pulsar nas veias e um sorriso enorme que me nasce entre os lábios que tantas vezes beijas-te e beijas. Por vezes falta-me maneira de exprimir tudo isto e nem as palavras, nem as imagens conseguem mostrar ao teu coração aquilo que o meu sente e vive. O que neste pequeno texto te quero mostrar é que decidi partilhar os meus dias com alguém e que esse alguém és tu, tu a quem chamo "Homem da minha vida",tu a quem dedico tantas linhas,tantos poemas,tantos momentos de amor e paixão. Sei que quebrei uma regra própria, mas hoje precisava escrever isto, para que todo o mundo pudesse ler o que realmente sinto por ti. Como alguém um dia disse: "Amo-te, tão simplesmente porque te amo." Dedicado ao Homem que amo, a minha doçura,o meu baixinho, meu Príncepe meu Golfinho como te chamo.

In My Memories...(ALindaSereia)

segunda-feira, 18 de março de 2013

Hoje e Sempre..Sou Praia...Refugio dos Teus Silêncios


Hoje... sou a praia...sou refúgio dos teus silenciosos lamentos...que procuras nas noites em que a tua alma se enegrece...e um rio dos teus olhos faz a sua nascente...Os meus cabelos são as ondas do mar que afaga os teus pés... cansados de um caminhar nessa calçada de memórias em pedras...Hoje...deixas cair o teu corpo sobre o meu de areia fina e suave feito....As lágrimas que não susténs...dilaceram o meu coração choroso no sentir da tua dor...Hoje...e para sempre...quero-te meu...somente meu...de tudo farei para seres só Meu...Embalo-te no meu peito...agito todos os teus sentires que te corroem por mágoa e angústia e entrego-os ao vento que num forte e sugador beijo com um abraço perfumado de Carinho que percorre toda a tua alma....Sentes-te entorpecente...aliviado de recordações pungentes....Sinto-te...sei-temeu...num amor completo...perfeito...nosso...somente nosso....Hoje...somos um só...Por todo o sempre...seremos um só...Meu Amor… !!

In My Memories...(ALindaSereia)

Para Ti Meu Golfinho..!!


Sabes...meu Golfinho...que encontraste a luxúria que o meu ser comporta...no mais lúgubre recanto da minha alma esquecido?..Sabes que a paixão que por ti me consome é fogo permanente no meu corpo?Sabes que a ternura em mim contida emerge em ti? Sabes que o meu amor por ti é a mais divina união de todos os sublimes sentires? Sabes que me completas na plenitude da harmonia subsistente entre dois seres? Sabes...sentes...meu Golfinho...o quão e como te Adoro...Suspiro...no velar do teu sono... Acordas...findo este silencioso murmurar...acordas no abraço em que adormecemos...beijas-me ternamente... Houvesse um pintor capaz de nos...neste perfeito encaixe...neste solene momento... pintar...e esse quadro...de beleza tão sublime....far-se-ia...explendorosamente...notar....Acaricio-te o rosto com a suavidade das pétalas de uma rosa com um aroma a Mar.... e o calor do meu querer...E olhando-te enternecida...e digo te...Adoro-te..!! 

In My Memories...(ALindaSereia)

Assim sou Eu.....!!


Por entre o luar entre as estrelas e a Lua..Sou um retalho...pedaços daqueles que no meu coração moram...Faz parte de mim o Sol...a Lua e as estrelas...Sou um sopro de Deus...água do mar...areia da praia...as ervas do vale e a neve das colinas!! Sou as gotas de orvalho... nas manhãs de Primavera...Que se evaporam nos primeiros raios de Sol… Sou triste...sou alegre…sou gritos de dor...sou gritos de prazer!!Sou feita de sonhos...realizados...esquecidos e inacabados colocados no fundo de uma gaveta… Há dias que sou grande por inteira... há outros que sou mais pequena que uma partícula… Sou música e sou poesia... Sou o fio do horizonte...nunca toco no céu e nunca chego à terra… Faz parte de mim os lugares por onde passei… Sou essência da natureza...sou humana...sou tudo e não sou nada..!!

In My Memories...(ALindaSereia)

Sente o Meu abraço...!!

Sabes
aquele abraço
bem gostoso ?
Pois é
esse abraço
que vim te deixar!
Sonha, traça metas,
e corre riscos para
executares teus sonhos.
não tenhas medo ,arrisca
Pois a vida é cheia
de surpresas!
que teu caminho se
abra para a felicidade.
por onde tu passares.
e se por ventura.
tu encontrares espinhos
nesse caminho.
retira-os com sabedoria
e plantes neles
a semente do Amor.
com Carinho Eterno

In My Memories...(ALindaSereia)

domingo, 17 de março de 2013

Não importa


Não importa o que aconteça, 
Seremos sempre nós e tudo que sentimos, 
Haja o que houver e tempestades que chegarem 
Não serão suficientes para nos afastar 
Ou colocar em risco esse sentimento 
Forte e verdadeiro que nos une. 
Sempre esperarei por Ti, pois sei que virás 
E esse dia será comemorado como se deve 
O futuro traz escrito os nossos nomes lado a lado 
E não há nada mais forte do que o amor. 
Não é fugaz e nem banal, é forte e é real 
Como o sol que nos aquece todos os dias, 
Como a lua que ilumina nossas noites de sonhos 
Como a brisa que sopra suave 
Nos campos floridos pela natureza 
Quero te comigo, é o que mais quero ..... 
Acredito que nosso amor seja inabalável, porém ..... 
O amor é arriscado, não existem certezas 
De que não vamos sofrer, de que vamos ficar juntos 
Mas sempre foi assim, há milhares de anos as pessoas 
Se procuram e se encontram, e é justamente a possibilidade 
De encontrar este outro alguém que torna a vida interessante. 
Eu acredito no nosso amor, Tu dás me razões de sorrir 
Olhar para frente na certeza da espera de um amanhã. 
E que esse amanhã seja vivido por nós dois 
Só precisamos de viver esse romance 
Alimentando a cada dia esse amor que nós construímos. 
Estamos nos amando, não é preciso entender 
O que acontece lá fora porque tudo 
Está acontecendo dentro de nós!!! 
E isso só nós sentimos o seu tamanho, 
E somos capazes de colocar dois corações 
Dentro de um só coração 
Tu és a minha realidade coberta de sonhos, 
E eu sou o teu sonho coberto de realidade... 
A vida é assim, surpreende nos a cada instante 
Não há razão sem razão 
A única certeza é o meu amor por ti 
Te adoro.

In My Memories...(ALindaSereia)

quinta-feira, 14 de março de 2013

‎...No Colo...

Depois do Amor...A pele fria Quente...O ser...No colo até ser dia Aninhada Nudez...Já não bastam os sentidos... Nada apaga o desejo a arder...Depois de acendido o prazer...Nos poros do Amor ardidos...Onde quer tanto assim...Acesa na pele,essa saudade de Ti...Essa intensa vontade sem fim...Húmido fogo sensualidade...de Continuar nos braços...No aconchego do sentir...Enrolar no calor do abraçar...Até que o beijo de novo a permitir...Deixas todos os teus sentidos descobri... Fazer Amor...penetrar...Amar...Tudo nas mãos consentir...Abraçar...sentir o calor o cheiro...Entranhar de aromas e suor...O perfume a sensualidade...Odores que desejam por inteira...A vontade em nos sentirmos amados...Dois seres,um só desejo...Nos braços acarinhados...Nos lábios doces beijos...Entre tesão e Amor...No auge do fulgor...Sentir os peitos com cio...Sentir a tesão...Sentir aquecido o frio...Na pele sentidamente...Chupar até vir... E o Amar eternizado penetrando até sentir nos Amando loucamente...!!

In My Memories...(ALindaSereia)

...Vontades...

Encanta-me da maneira que tu quiseres e como souberes. Para que eu possa dar-te… Ao mínimo detalhe sabes sorrir. Tens sorriso delicioso, malicioso, louco, gostoso, inocente e carente. Com as tuas mãos, gesticula quando for preciso. Toca-me, quero correr esse risco. Acarinha-me se quiseres, não vou fingir que não entendo, Quero esse momento. Encanta-me o brilho dos teus olhos… Olhas-me profundo, mas só por um segundo. Depois desvias o olhar, como se o meu olhar não tivesse conseguido encantar-te… Então voltas a fintar-me tão profundamente, que eu fico perdida,sem saber o que falar… Encanta-me com as tuas palavras,com os teus gestos.Fala-me dos teus sonhos, dos teus prazeres. Conta-me segredos, sem medo, E depois diz-me o quanto eu te encantei. Encanta-me com serenidade… Não te esqueças que tem de ser com simplicidade, Não pode haver maldade. Encanta-me com uma certa calma, Sem pressa tenta entender a minha alma. Encanta-me como se faz quando se tem o primeiro namorado… Sem subtrefúgios, sem cálculos, sem dúvidas, com certezas. Na calada da noite, madrugada, na luz do sol ou em-baixo da chuva… Sem dizer nada, ou até dizendo tudo. Sorrindo ou chorando. Triste ou alegre… Na verdade, com vontade… Depois Eu confesso que me apaixonei, E prometo encantar-te por todos os dias… Pelo resto das nossas vidas!!!

In My Memories...(ALindaSereia)

sábado, 9 de março de 2013

Dormes…

O teu sono tranquilo… E chamas-me, no teu sonho. Cerram-se os meus olhos, estendem-se os meus braços ao vento, ondula-se o meu corpo vestido por uma seda azul fina, e vou, flutuo nas palavras de amor e carinho que, solenemente, me dedicas, para no teu sonho entrar e majestosamente te amar, a ti, amo do meu coração. E entro, qual sereia encantada, e emerjo do mar que avistas enquanto me esperas. Caminho para ti, adoço-te os lábios com as gotículas salgadas que se soltam da minha pele, cubro-nos de arrepios ao me aproximar de ti. Brilham os meus olhos no encontro do sorriso dos teus. De carmim se pintam os meus lábios ao num beijo voluptuoso nosso se deliciarem. Segues os meus contornos com as mãos. Saboreio a tua pele com beijos, sussurro-te o meu amor e estremeço com cada toque teu e deleito-te com cada carícia da minha pele ardente de desejo, desejo de estarmos um no outro. E, tal tango perfeito, amamo-nos. Adormeço-te nos meus braços, enquanto ao teu lado me deito para, ainda inebriado com o perfume do teu (nosso) sonho, despertares no beijo que, ainda tremente, te dou… 
Aguardo-te, amor meu, e receber-te-ei como nessa noite, a primeira e única noite em que nos amámos. 

A chave do meu coração pousei, delicadamente, no teu, no lugar que sei meu, para que me visites de dia ou de noite, aquando vontade tua que é desejo meu. 

Nesta espera em que o tempo não tem limite, em que o espaço não tem lugar, vou-te sonhando e perdendo-me em ti, neste deleite quimérico, neste amor que por ti derramo e em que me sinto amada, majestosamente amada!... 

Com um suspiro alegre da minha alma, suspiro que também o sei teu, me despeço, beijando-te. 

In My Memories...(ALindaSereia)

Procuro-te..


Procurei-te em toda a parte
Percorri mil caminhos 
Mas não consegui encontrar-te 
Em teu lugar, só vi espinhos. 


Tantos atalhos andados 
Tantos sonhos destruídos 
E onde estás tu , afinal 
Que só existes nos meus sentidos. 


Procuro-te em cada olhar 
Que me olha com ternura 
Mas não te chego a encontrar 
E fico só, com a amargura. 


Imaterializado desejo 
És tu na minha vida 
Para ti nunca há um beijo 
Para ti não há despedida. 


Sonho da minha vida 
Promessa de todo o meu ser 
Apesar de não te encontrar 
Nunca te poderei esquecer. 


Nos meus sonhos fiz-te nascer 
Criei-te em meu coração 
E far-te-ei renascer 
Em cada nova ilusão. 


In My Memories...(ALindaSereia)

quarta-feira, 6 de março de 2013

‎...Ausência...não sei...

Colocando tudo o que temos numa relação dá sempre frutos positivos, quando ambos colocam, então o resultado não se multiplica, mas sim triplica e faz com que dois seres, existam e que se unam de uma forma tal, que a sua separação não existirá... 
Sentindo que o mundo é nosso e que as coisas que temos, apenas existem para nós e a nossa felicidade, tudo o que faz é apresentar-se aos outros e mostrar que afinal existe amor eterno e a sua felicidade está sempre presente nos nossos seres... 
Coloquei o que de mais belo tenho, o meu amor... 
Aceitaste e hoje fazes muito feliz, ainda mais que ontem e sei que menos que amanhã... 
Medo, isso vai aparecendo porque sabemos que a nossa felicidade eterna está do lado um do outro... Mostrando tudo o que temos, fazendo cada vez mais coisas, de forma a que a chama se mantenha acesa e ainda mais, percebemos que ambos lutamos que ela continue acesa e que continue com essa chama monumental... 
Loucura, há quem diga que sim... desejos, sim, muitos, principalmente de fazer feliz o outro... 
Momentos que nos fazem andar a sonhar no dia seguinte e que nos faz querer estar sempre ali e aproveitar o leito do amor que construímos e que nada o afecta... 
O meu amor, por ti, está sempre presente, estarei sempre ai, e para sempre amarei-te com a fidelidade que o nosso amor construiu... 
Desejos apenas de ti, do teu ser e da tua alma, do teu corpo e do teu pensamento... 
Te amo imensamente até para além do infinito...

In My Memories...(ALindaSereia)

I gave myself ...

Um dia parti para o teu abraço enquanto corrias para mim... 

Um dia chegaste a casa e de cá não saíste mais sem mim. 
Um dia reservei-me sem me expor,era Tua sem o ser, dava-me sem me oferecer... 
Um dia olhei-te e sem reservas defini-me no teu olhar,sem me ver completa no meu mundo!!! 
Um dia mais tarde,aceitei a tua mão,não fugiste do meu consolo e expus a minha emoção... 
Um dia mais tarde,o meu braço puxou-te,os nossos corpos deitados na cama...no Meu peito nu onde a Tua cabeça repousava,o silêncio de uma noite de amor,e o suspiro de Te sentir MEU!!! 

Quem sabe se um dia me entrego 
E vivo contigo o que jamais vivi!!!!

In My Memories...(ALindaSereia)

sábado, 2 de março de 2013

VEM A NOITE



Gosto destas noites que trazem dentro delas esse paladar doce e embriagante a infinito. 
Levantar os olhos e ver o todo. Dessa sensação boa de não sentir o fim. Como se às vezes, só por instantes, o "para sempre" pudesse ser mais do que só um desejo. 

Gosto deste vento vaporoso que me segreda ao ouvido palavras que não sei decifrar. E da certeza que tenho de que não é tão importante assim saber traduzi-las. Apenas deixá-las fazerem parte de mim. 

Um raio de luar transporta uma carícia. 
Um brilhar mais cintilante de uma qualquer estrela leva um beijo de saudade. 
O som da onda que quebra no escuro da praia conta um segredo. 

A noite. Silencioso e discreto mensageiro este, que se veste de negro, enquanto traz e leva pedaços de nós. Pequenos pontinhos de luz agarrados ao infinito. 

Gosto que seja noite agora. 
É terna e quente a textura na minha pele. 
É suave e doce na minha boca. 
Como se fosse o beijo de um amante ausente que o momento traz até mim.

In My Memories...(ALindaSereia)


sexta-feira, 1 de março de 2013

Nós e o Mar...

Nós e o Mar...
Quanto tempo passa em cada minuto despido da tua pele? 
Sinto a vida interrompida nos intervalos em que não acontecemos e a respiração suspensa no que não me canso de esperar. 
E no tempo em que te demoras vivo-te intensamente do que me ficou do dia atrás. 
Sinto a marca dos teus braços no meu corpo abraçado de saudades e a ponta dos teus dedos na pele que me tocas mesmo quando não me tens contigo. 
Sinto-te chegar e partir no mesmo fogo antigo que, longe ou perto, hoje e sempre, nos consome. 
O que somos não tem tempo porque existimos dentro e fora do pensamento... 

Tu e eu somos o espaço imenso de um mar de amor sem fundo. 
Navego-te na distância e, nas voltas que dou, nunca deixo de te encontrar. 
Ausência é falta, é morrer sem deixar de respirar. 

Se o mar me quer como eu quero o mar só a viagem me importa e a certeza que tenho de conseguir chegar. 
A sede que temos de nós não nos deixará naufragar...

In My Memories...(ALindaSereia) 

És Tu..!!


És Tu..!!

És Tu!... o que lavra o amor presente… 
Eu…,terra firme, tua doca de abraço, 
És Tu!... o que lume paixão ardente… 
Eu…, beijo cru, tua boca de regaço. 

És Tu!... o que desce ao meu encontro… 
Eu…, água fresca, tua sede de coração, 
És Tu!...o que dorme ao meu ombro… 
Eu…, céu azul, tua nuvem de algodão. 

Eu…, e simplesmente… Tu ! 
vs_pt

In My Memories...(ALindaSereia)

Ès Onda em Mim

Onda macia, fresca de cetim 
e sabes ser bela adormecida... 
Onda nua, abraçada em mim 
e sabes ser despertar de vida... 

Onda pura, sabores de sal 
e sabes ser perfume floral... 
Onda suada, gotas de cristal 
e sabes ser bebida tropical... 

Onda viva, maré de frenesim 
na vaga da manhã de um sim, 
Onda guerreira, luta sem fim 
e não existe outro mar assim! 

vs_pt

DESEJO


Desejo...
E apenas ao pensar nessa imagem, imaginar os gestos que fazes,a forma como te moves... a tentar descobrir qual a temperatura da tua pele neste momento, sou invadida por um desejo primário de ti. 

Quero-te!... 

Quero conhecer o sangue que corre em ti, quero saber de cor cada canto do teu corpo, quero poder morrer na tua boca para poder renascer no teu olhar. Quero que as tuas mãos moldem o meu corpo e lhe dêem uma nova forma e quero sentir a paixão e o desejo na ponta dos teus dedos. 
Quero amar-te com tudo o que é matéria e com tudo o que é espírito em mim. 

In My Memories...(ALindaSereia)

Dream...


Dream...

Hoje não quero pensar no resto. 

Quero adormecer de sorriso nos lábios, sem nuvens negras no meu tecto. 

Quero sonhar contigo...

In My Memories...(ALindaSereia)

És Lua em Mim


Lua em Mim...
A brisa que entra no quarto trás o teu cheiro 
elevando-me até à Lua onde me aguardas... 

Quero ter na ponta da minha língua todos 
os teus sabores... 
...o sal do teu suor, 
o mel dos teus beijos... 

A luz da Lua ilumina-me o olhar... 
...este mesmo olhar que arde de desejo, 
sempre que sente o teu corpo... 


In My Memories...(ALindaSereia)

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Viagem Pelos Sentidos...

Passeas-te ternamente 
Sobre o meu corpo, 
Com o toque do olhar... 
Numa valsa, 
De passos invisíveis 
Que me beijam a pele.
Enlaças-me a vontade, 
No fôlego de um suspiro... 
E a tua essencia 
Morde ao de leve 
Os encaixes da minha boca. 
Os teus olhos 
A uma respiração, 
Dos meus... 
São carícias, 
fogo de desejo... 
Vida... 
em Nós.!!

In My Memories...(ALindaSereia)


Procura-se



Queria ser livre de dizer que amo quem amo.
Queria ser livre de dizer QUE AMO! queria ser livre de dizer "obrigada por me amares, por estares sempre lá, por me abraçares, chorares comigo e sentir que posso contar contigo.
Obrigada por poder correr para ti e encontrar sempre as tuas mãos estendidas. Obrigada por me dares a mão e ires comigo por esta estrada cheia de armadilhas. Obrigada porque sei que nunca me deixarás e que estarás e viverás sempre comigo para me apoiar e para seres apoiado por mim. Obrigada por me fazeres sentir vivo, obrigada por chorares no meu ombro. Obrigada por chorares por mim quando estarei prestes a partir. Obrigada por seres tu e obrigada por dividires esta alegria, esta vida e este sorriso comigo. Obrigada!"
Queria ter alguém a quem dizer isto. E aí sim, talvez queria ser livre de dizer. mas, não tenho ninguém a quem dizê-lo.
Procura-se amiga para chorar, rir, amar, mimar, abraçar, segredar, beijar, louvar, animar, aconselhar, partilhar, amparar, ouvir, escutar, ver e observar. VIVER!
Habilitações: tem de me amar e aturar-me para a vida.
Se alguém achar que corresponde a este perfil, apareça do nada e mostre que afinal esta pessoa existe.
Salário? beijos e abraços e uma vida cheia de alegria.
PROIBIDO ABANDONO


In My Memories...(ALindaSereia)

Sorrisos doces de algodão ...

No teu olhar esconde-se ainda a pornografia do sorriso pelo qual me apaixonei. 
Foi assim, nunca te confessarei, mas foram os teus lábios que me seduziram. 
A expresssão doce reflectida nos lábios rasgados que advinhavam a bolinha vermelha no canto superior do ecrã para maiores de dezoito, de vinte e um ou até eventualmente trinta. 
Senti-me crescer, inchar como um balão. 
E a subir, como na música. 
Serei exagerada e impúdica também se revelar que toco no céu. 
Não faz mal. 
O céu existe para isso mesmo para ser partilhado em momentos assim. 
De algodão-doce.

In My Memories...(ALindaSereia)

Sonhos de Ninar ...


Bedtime Dreams..

Lençóis brancos, a cor que o Amor ganha quando a consciência se rende. 
Desejo sobrando-me na voz, Tu. 
A cama, o altar onde me perdia em lugares de ti, aquela paz onde acordam todas as fantasias. 
Chegavas-te a mim depois do sorriso, não sei o que me acontecia ao corpo. 
Sorvia-te a ferver, o beijo a forçar docemente o esquecimento, os meus cabelos em tenaz rebeldia caindo-me sobre a cara. 
Chamavas-me ‘tua’, as mãos à solta sorriam em silêncio, adivinhava-te os gestos mais do que me escutava a mim. 
Por vezes encontrava-te comigo quando abria os olhos, outras vezes, com ar de quem se demitira da vida, apenas Eu e o Sonho...!

In My Memories...(ALindaSereia)